Do que a Lua é feita?

Goutyne
By Goutyne
Do que a Lua é feita

Do que a Lua é feita? A Lua é o corpo do sistema solar mais fácil de observar a olho nu. Por conta disso, as pessoas costumam se perguntar sobre vários detalhes interessantes a respeito da superfície lunar. Uma das perguntas mais populares é, por exemplo, do que é feita a Lua?

Ao longo desse artigo, você vai ficar por dentro da composição da Lua e descobrir como a sua superfície é importante para a pesquisa de asteroides e outros assuntos relacionados ao campo da astronomia.

Entendendo do que a Lua é feita

Entendendo do que a Lua e feita

De um modo geral, os contos de fadas infantis sempre nos disseram que a Lua é feita de queijo, mas como todos os corpos do sistema solar, a rocha é o ingrediente mais realista. De fato, a superfície da lua está coberta de vulcões mortos e crateras de impacto, algumas facilmente visíveis a olho nu.

Pouca gente sabe, mas os primeiros cientistas pensavam que os trechos escuros da lua poderiam ser oceanos.

Embora essa ideia possa soar um tanto estranha nos dias de hoje, o fato é que esses trechos realmente se assemelham a oceanos, mas em vez de água, esses corpos são feitos de poças de lava endurecida.

No início da história da Lua, o interior do satélite natural da Terra estava quente e “derretido” o suficiente para produzir vulcões, embora tenha esfriado e endurecido rapidamente. A lava também explodiu da crosta quando asteroides grandes o suficiente atingiram a sua superfície, como veremos no tópico a seguir.

A superfície lunar e sua relação com asteroides

A superfície da Lua é feita mostra muitas evidências das ações de asteroides. De fato, no início da história do sistema solar, todos os planetas e luas foram submetidos a um período de pesado bombardeio.

Na Terra, a movimentação das placas tectônicas e a erosão do solo cobriram muitas das evidências desse período, ao mesmo tempo em que a atmosfera ajudou a queimar alguns dos asteroides antes mesmo desses pequenos corpos rochosos atingirem a superfície. No entanto, a Lua carece de todos esses elementos de proteção e limpeza, então a história do sistema solar acabou sendo preservada em sua superfície.

Ainda assim, é importante deixar claro que o tal período de bombardeio pesado, que terminou há cerca de 3,8 bilhões de anos, não foi responsável por todas as crateras da Lua é feita. Asteroides grandes e pequenos continuam a atingir a superfície lunar até hoje, embora em um ritmo bem mais lento do que o registrado no passado tumultuado do sistema solar.

Se a Lua é feita de rocha, por que ela brilha?

A crosta lunar é formada por uma superfície rochosa coberta por regolito, uma camada solta de material heterogêneo e superficial que possui propriedades reflexivas. É por isso que a Lua (que não tem luz própria) consegue “brilhar”, pois sua superfície coberta por regolito reflete facilmente a luz do Sol.

Apesar do fato de que às vezes parece brilhar muito forte, a Lua reflete apenas entre 3 e 12 por cento da luz do Sol que a atinge. Além disso, o brilho da Lua percebido na Terra depende de onde o satélite está em sua órbita ao redor do planeta. A Lua é feita e gira uma vez ao redor da Terra a cada 29,5 dias e, durante sua jornada, é iluminada por vários ângulos pelo sol (daí a origem das suas “fases”).

Por último, vale destacar que a crosta da Lua tem cerca de 60 a 100 quilômetros de espessura. Já o regolito na superfície lunar pode ser tão raso quanto 3 metros nas crateras ou tão profundo quanto 20 metros nas regiões mais altas.

Compartilhe Este Post
By Goutyne
Follow:
Bem-vindo ao nosso site dedicado ao entretenimento e cultura! Aqui, você encontrará uma variedade de conteúdos envolventes sobre filmes, séries, resenhas de livros e ofertas imperdíveis.