Succession: Tudo que sabemos sobre a série da HBO baseada em histórias reais

Goutyne
By Goutyne
Succession Tudo que sabemos sobre a serie da HBO baseada em historias reais

Com o perdão do trocadilho, Succession é um sucesso. A série dos canais HBO e do streaming HBO Max, criada por Jesse Armstrong, estreou em 2018 e, deste então, vem acumulando elogios por parte de fãs e críticos, além de prêmios importantes dentro da indústria do entretenimento.

A obra, por exemplo, venceu o Emmy na categoria de melhor série dramática por duas vezes (2020 e 2022) e o Globo de Ouro por mais duas vezes na mesma categoria (2020 e 2022). Isso sem contar os prêmios individuais que o elenco abocanhou ao longo do tempo.

Atualmente em sua 4ª e última temporada, Succession promete encerrar sua narrativa no ápice, explorando os desfechos apoteóticos de Logan (Brian Cox), Roman (Kieran Culkin), Connor (Alan Ruck), Shiv (Sarah Snook) e Kendall (Jeremy Strong), que compõe a polêmica e bilionária família Roy. Aliás, por falar nela, alguns questionamentos sempre rondaram as mentes dos espectadores: a família Roy é inspirada em pessoas reais? O seriado tem raízes na realidade? Bem, para a surpresas de alguns, a resposta é: sim!

Abaixo, saiba quais indivíduos reais inspiraram as criações dos personagens de Succession, de acordo com o próprio criador da série!

Logan Roy, interpretado por Brian Cox, é o patriarca da família bilionária de Succession.

Succession: saiba o que inspirou a criação da família Roy

Primeiramente, é importante ressaltar que nem tudo o que acontece em Succession é baseado em fatos. Estamos falando, claro, dos momentos mais extravagantes e exagerados da narrativa, como a cena em que Kendall faz um rap para homenagear seu pai, Logan, e constrange todos os presentes, que fingem curtir o “gesto de carinho” do rapaz porque, bem… ele é filho de um dos homens mais poderosos dos Estados Unidos.

Contudo, a história de Succession, de forma geral, foi inspirada, sim, em várias pessoas poderosas e influentes dentro do mercado de mídia estadunidense, como os Redstone, os Murdoch e Robert Fitz, da Comcast, bem como em casos emblemáticos dentro dessa indústria, incluindo esquemas de acobertamento, escândalos políticos e midiáticos e até mortes suspeitas. Mas foi na família Murdoch, chefiada por Rupert Murdoch, que a obra da HBO mais buscou inspiração, segundo Armstrong.

Logan Roy como Rupert Murdoch

Rupert Murdoch, atualmente com 92 anos, é acionista majoritário da companhia de mídia News Corp, que nasceu após a venda da Fox para a Disney. Após a empresa do Mickey incorporar ativos como 21st Century Studios, Fox Searchlight, Fox 2000 Pictures e o canal de televisão FX, Murdoch ficou responsável pelo setor de notícias da marca, representado pela Fox Broadcasting Company e pelos canais Fox Sports e Fox News.

Rupert Murdoch é uma das principais inspirações para Logan Roy.

A vida pessoal de Murdoch, bem como de sua família, também é alvo de muitos burburinhos e fofocas. O magnata já foi casado quatro vezes e tem seis filhos com três de suas ex-esposas. São eles: Lachlan Murdoch, James Murdoch, Grace Murdoch, Elisabeth Murdoch, Chloe Murdoch e Prudence Murdoch. Ou seja, sucessores ao trono de Murdoch é o que não falta.

Por esse breve resumo, já é possível enxergar as similaridades entre Logan Roy e Rupert Murdoch. Ambos são chefes de conglomerados de mídia gigantescos e influentes, foram casados mais de uma vez, apresentam idades já avançadas (que levantam questões sobre aposentaria) e possuem muitos filhos, que não apenas participam dos negócios da família, como apresentam interesse em gerenciá-los após os pais deixarem os cargos máximos de suas respectivas empresas.

As semelhanças entre as famílias Roy e Murdoch envolvem não apenas personagens, mas também vários fatos relevantes.

Inclusive, até as histórias de origem dos bilionários são parecidas. Em 1952, Murdoch assumiu o pequeno jornal de sua família após a morte de seu pai e o transformou, ao longo do tempo, em um dos maiores conglomerados de mídia do mundo. A mesma coisa é vista em Succession, que deixa claro que Logan começou de baixo e, devido à sua inteligência e faro aguçado para negócios, fez da Waystar Royco um império midiático, que também abrange parques e cruzeiros (Disney, é você?).

E, claro, não há como não falar da surpreendente venda da 21st Century Fox para a Disney, que configurou um dos maiores negócios já realizados na história do entretenimento. A aquisição girou em torno do valor de US$ 71,3 bilhões. Em Succession, Logan faz algo muito similar, quando, durante a 3ª temporada da série, inicia negociações para se desfazer de parte da Waystar Royco.

Família Roy e família Murdoch

Por fim, também precisamos falar sobre como os filhos de Rupert Murdoch inspiraram as caracterizações dos filhos de Logan Roy. Comecemos pelo paralelo mais claro, que pode ser traçado entre Connor e Prudence. A filha mais velha do chefe da News Corp nunca demonstrou interesse em se envolver com os negócios do pai, assim como Connor, que não disputa uma vaga com seus irmãos pelo poder da Waystar Royco (apesar de ele gostar muito do dinheiro que a companhia o rende).

Lachlan, Rupert e James Murdoch

Nesse cenário, Lachlan, Elisabeth e James, filhos do segundo casamento de Murdoch, sempre foram os mais cotados para assumir o posto do patriarca após sua aposentadoria, uma vez que Chloe e Grace, filhas do terceiro matrimônio do magnata, têm apenas 20 e 22 anos, respectivamente, e também parecem não se interessar tanto pelo mundo empresarial (pelo menos, por enquanto).

Nessa dinâmica, Lachlan sempre foi o favorito à sucessão, uma vez que sempre esteve presente nos negócios da família e ascendeu rapidamente no mundo corporativo. Trajetória muito parecida com a de Kendall, que também sempre foi considerado o mais indicado para assumir o cargo de Logan.

Os filhos de Logan têm muitas similaridades com os filhos de Murdoch.

Correndo junto com Lachlan, Elizabeth também se envolveu muito cedo com a marca de seu pai e teve várias funções dentro do conglomerado. De acordo com o escritor Jim Rutenberg, do The New York Times, a moça já fez algumas tentativas de assumir o trono, mas foi ignorada por Rupert, o que a levou a alçar voos solitários, fora da Fox. Sua história se assemelha a de Shiv, que sempre esteve com um pé dentro da Waystar Royco e outro fora.

Por fim, temos James, o mais novo entre os três herdeiros do segundo casamento de Rupert. Ele chegou a iniciar seus estudos empresariais em Harvard, uma das universidades mais renomadas do mundo, mas largou tudo para se envolver no meio musical. Com uma atitude mais rebelde, James é parecido com Roman, o jovem sarcástico e desinteressado de Succession.

Atualmente, Lachlan é o CEO da Fox Corp, enquanto seu pai ocupa o cargo de codiretor. Já James e Elizabeth deixaram os negócios da família. Em Succession, por outro lado, teremos que esperar um pouco mais para saber quem sentará no trono de Logan. Faça suas apostas!

Compartilhe Este Post
By Goutyne
Follow:
Bem-vindo ao nosso site dedicado ao entretenimento e cultura! Aqui, você encontrará uma variedade de conteúdos envolventes sobre filmes, séries, resenhas de livros e ofertas imperdíveis.