Esportes

Michael Jordan VS LeBron James – Quem é o MELHOR?

Possivelmente o debate mais disputado em todo o basquete é o seguinte: quem é o melhor jogador de todos os tempos, Michael Jordan ou LeBron James? O argumento continua a ira porque provavelmente não há uma resposta correta. Tanto Jordan quanto LeBron transcenderam seu esporte, tornando-se os astros indiscutíveis de sua época – a era muitas vezes desempenhando um fator no debate – aqueles um pouco mais velhos tendem a ficar do lado de Jordan, enquanto os fãs mais jovens da NBA estão mais inclinados a escolher LeBron. O que sabemos com certeza é que esses dois ícones do basquete são os melhores que já jogaram o esporte. Então, Jordan vs LeBron.

1. Elogios à carreira

Uma maneira de analisar os dois grandes é comparar seus elogios na carreira. Michael Jordan liderou o Chicago Bulls para 6 finais da NBA, provando a vitória em todos os 6. LeBron James, por outro lado, fez mais aparições nas Finais (9), mas só levantou o troféu apenas três vezes. Jordan foi premiado com o MVP em todas as 6 de suas aparições vencedoras, enquanto LeBron recebeu o prêmio nos 3 que ganhou. Em relação à temporada regular, Jordan foi nomeado MVP 5 vezes, enquanto LeBron atualmente tem 4 sob seu cinturão.

2. Um Homem de Uma Equipe

Ao contrário de Jordan, LeBron mudou de time algumas vezes durante sua carreira. O jogador nascido em Ohio sempre terá que lutar contra essa percepção pública de ter que deixar seu time de 19 anos para provar o sucesso das finais da NBA. Depois de passar 7 temporadas com o Cleveland Cavaliers, LeBron mudou-se para o estrelado Miami Heat – juntando-se a dwayne Wade e Chris Bosh – para garantir seu primeiro título do campeonato. Jordan, por outro lado, foi a escolha da primeira rodada do Chicago Bulls no draft de 1984 e manteve toda a sua carreira, construindo a dinastia de Chicago do zero. LeBron, é claro, retornou sensacionalmente a Cleveland em 2014, levando os Cavaliers ao seu primeiro e único campeonato.

3. Número 33

LeBron James, sem dúvida, jogou com alguns excelentes companheiros de equipe, mas ele nunca teve Scottie Pippen. O número 33 de Chicago era o braço direito de Jordan, e ele nunca ganhou um campeonato sem ele. Na era atual, Pippen seria um superstar bonafide, o jogador uma franquia seria construída ao redor. O fato de ele ser o número 2 da dinastia Bulls mostra o tipo de apoio consistente que Jordan tinha. MJ, sem dúvida, tinha talento suficiente para ganhar jogos por conta própria, mas ocasionalmente precisava de alguma ajuda de seu amigo. Sim, LeBron teve um apoio fantástico, mas nada parecido com a parceria entre os 23 e 33 de Chicago.

4. ‘Sua Arejada’

Um argumento tentador a fazer em defesa de Jordan ser o melhor, é que o próprio LeBron prestou homenagem a “Sua Arejada”. James reconheceu que MJ construiu o reino que herdou, levou a NBA a uma audiência global, e teve o basquete competindo com a NFL para cobertura durante seus anos de pico. Não vamos esquecer, LeBron também usa o número 23 de Jordan em homenagem ao grande homem.

1 Comment

Comments are closed.