terça-feira, 5 dezembro, 2023

Descubra como recalibrar o algoritmo da Netflix para melhorar sugestões no APP

Além de ser conhecida por produções de sucesso como Stranger Things e Wandinha, a Netflix também possui uma plataforma tecnológica com um algoritmo bastante inteligente. Junto dessa questão, a interface da gigante do streaming conta com ótimos elementos e ferramentas, deixando a maioria dos assinantes satisfeitas com esse quesito.

Com certeza, mais dados de usuários ao redor do mundo para estruturar e, consequentemente, aprimorar as recomendações, são um fator positivo. Mas a empresa já sabia que não poderia usar a mesma abordagem de sugestão, que antes levava em conta principalmente o que o usuário assistia e comparava com os dados das pessoas da mesma localidade, além de outros fatores como busca, semelhança, avaliações, etc.

Porém, é possível calibrar o algoritmo do serviço, fazendo com que ele trabalhe ainda mais ao seu favor e mantenha suas recomendações personalizadas em alta. Quer saber como? Confira todos os detalhes dessa novidade um tanto quanto desconhecida logo abaixo!

Entenda como é possível melhorar o algoritmo da Netflix para receber recomendações ainda mais personalizadas. (GettyImages/Reprodução)

Truque básico pode melhorar o algoritmo da sua Netflix

Embora não seja tão conhecida e até mesmo divulgada com o grande público, essa estratégia para corrigir as eventuais falhas do algoritmo pode ser aplicada por qualquer pessoa de uma forma muito democrática e simples.

Dessa maneira, é preciso ficar atento a algumas dicas para que o algoritmo da Netflix trabalhe ainda mais ao seu favor. A primeira delas é administrar as configurações básicas da plataforma de streaming por meio do navegador no computador, seja ele com sistema operacional macOS ou Microsoft Windows.

O fato é que a experiência do usuário nos smartphones ou smart TVs é relativamente diferente da experiência do usuário no PC. Enquanto nesses dois primeiros casos os comandos estejam mais centrados no consumo dos conteúdos disponíveis, nesse segundo, há mais caminhos para trabalhar com o algoritmo.

Revisar a classificação do que foi assistido pode ajudar a melhorar as recomendações do algoritmo. (Netflix/Reprodução)

Indo muito além dos sinais de “gostei”, “não gostei” ou “gostei muito” de alguma produção, você conseguirá refinar o algoritmo verdadeiramente ao organizar seu histórico de visualizações e revisar todas essas classificações simples. Sendo assim:

  1. Abra a Netflix em seu navegador, informando login e senha.
  2. Na sequência, clique no seu usuário. Aqui é importante ressaltar, mais uma vez, que o algoritmo funciona melhor se cada pessoa que utilizar a conta tiver um perfil separado.
  3. Depois de adentrar no seu usuário, abra o menu lateral e selecione “Conta”.
  4. Desça a página até chegar à lista de perfis disponíveis em “Perfil e Controles Parental”.
  5. Selecione o perfil que deseja ver o histórico, clicando sobre o nome ou ícone disponível.
  6. Role a página até chegar em “O que foi assistido”.
  7. Uma nova página deverá se abrir, na qual será possível ver seu histórico, incluindo a data em que todas as produções foram assistidas.
  8. No canto superior esquerdo, você pode alternar para visualizar as respectivas classificações atribuídas aos conteúdos.
  9. Depois de revisar tudo, faça a avaliação do conteúdo que já foi visto, mas não foi avaliado anteriormente.

Organizar o histórico da Netflix é fundamental para melhorar o algoritmo no streaming. (Netflix/Reprodução)

Com isso, o algoritmo da plataforma será refinado e você terá recomendações ainda mais interessantes para aproveitar sempre que utilizar o streaming.

Conclusão sobre o algoritmo da Netflix que recomenda filmes e séries

Graças ao algoritmo que recomenda séries e filmes, a Netflix conseguiu aumentar o engajamento dos usuários usando o machine learning como uma parte crucial da sua plataforma. Ao gerar recomendações personalizadas, exibindo elementos com base no gosto de cada usuário, e implementando modelos de previsão, a Netflix consegue alcançar altas taxas de audiência entre seus assinantes.

Por ser o primeiro serviço a utilizar machine learning de maneira ostensiva, a Netflix se tornou o líder no mercado altamente competitivo da indústria de streamings. Entretanto, nem tudo é perfeito…. A Netflix vem recebendo críticas em relação ao uso de inteligência artificial enviesada no sistema de recomendação, sobretudo na forma como exibe conteúdos para determinadas classes, etnias e gêneros.

Goutyne
Goutynehttps://goutyne.com
O site mais completo de curiosidades e entretenimento da internet. Goutyne, curiosidade e conhecimento! explore o mundo sem sair do sofá. Vamos explorar!

Populares

Interessante!